Português Italian English Spanish

As coisas gostosas de Goiás

As coisas gostosas de Goiás

Tudo o que Você Precisa Saber Sobre a Culinária Goiana

 

Hoje estamos participando de mais uma Blogagem Coletiva. Vários blogueiros de viagens se uniram, fizeram  uma enquete e elegeram o tema “Viagens Gastronômicas” para  escrever dando suas dicas. E aqui vai a nossa: Culinária Goiana.

A Culinária Goiana tem sabor daquela comidinha caseira feita com muito amor preparada pela mãe ou pela avó, de preferência num fogão a lenha. Os pratos típicos de Goiás são: Galinhada, Frango com Pequi, Frango com Guariroba, Galinha Caipira, Empadão Goiano, Pamonha, Arroz com Suã, Arroz a Puta Rica, Carne na Lata, Chica Doida, Paçoca, Peixe na Telha, Tutu de Feijão, Pão de Queijo entre outros. Você conhece? Caso a resposta seja negativa, te convido a conhecer, pois a comida é deliciosa!

Tendo origem indígena, carregou a influência da culinária mineira e paulista no final do Século XVIII. Devido a escassez de alimentos, que eram trazidos de outras capitanias, tiveram que arranjar substitutos. Não tinha batata, usavam mandioca. A couve foi substituída pela taioba, entre outros. Com isso, a culinária goiana ficou diferenciada, pois utilizava os frutos do Cerrado.

Galinhada

O Prato preferido do Goiano é a Galinhada. E não é só arroz com galinha, mas pode ser acompanhada também com milho e o famoso pequi ou guariroba, açafrão, pimenta de cheiro e muita cebolinha verde. É uma combinação divina!

Para quem nunca comeu Pequi, não se esqueça, não morda nem parta o pequi! Ele deve ser segurado com as mãos e tem que ser roído. O fruto tem um cheiro forte, o sabor é adocicado, tem uma polpa de coloração amarela que envolve uma semente dura e nela existe uma grande quantidade de espinhos. Tenha muito cuidado ao roer, nunca crave os dentes, pois tem muitos espinhos. Eu nunca me aventurei a roer um pequi, pois sou Pernambucana, mas gosto principalmente do sabor que ele deixa no arroz e no frango. Geralmente uso a polpa do Pequi em conserva. O Pequi ainda é usado em doces, licores e sorvetes.

Empadão

Quem visita Goiás não pode deixar de experimentar o famoso Empadão Goiano. É uma torta salgada típica da região. Fico com água na boca só de pensar naquela massa fina recheada com frango, queijo minas em cubos, azeitona e linguiça. Bem temperado e bem suculento que é uma das características da comida de Goiás. Também existe a opção de empadão com carne de porco, guariroba, entre outros mais.   Veja na imagem abaixo:

Pamonha

Outra maravilha é a Pamonha. Em quase toda esquina de Goiânia existe uma Pamonharia. É tradição em Goiás reunir a família para fazer pamonha. Tem Pamonha doce, sal, a moda (geralmente com linguiça, queijo minas, muita cebolinha verde e pimenta). Com frango e catupiry, com creme de pequi, de jiló etc. E ainda tem pamonha frita. Gosto muito da Pamonha a Moda e sempre aos domingos vou no Frutos da Terra que além das pamonhas serem divinas nunca resisto ao Chica Doida que também é uma comida típica de Goiás. Ela é feita com Creme de Milho, Calabresa, Bacon, Linguiça Defumada, Mussarela e Pimenta. 

Não posso deixar de falar da Guariroba também conhecida como Gueroba, que é uma palmeira nativa da região do cerrado brasileiro e conhecida pelo sabor amargo do seu palmito. Ela é muito usada na culinária de Goiás. Frango com Guariroba, Guariroba refogada, Salada de Guariroba, no Empadão, Pamonha e Pastel.

Arroz de Puta Rica

Outra comida famosa é o Arroz de Puta Rica. Dizem que antigamente, nas casas de programa em Goiânia, as moças que ali trabalhavam tinham que fazer a própria comida. Faziam arroz e colocavam todas as sobras que encontravam na geladeira. E os clientes também comiam. Esse arroz ficou conhecido como arroz de puta pobre. Uma cafetina francesa, rica, que morava na cidade, resolveu fazer a diferença e  acrescentou ao prato açafrão, pedaços de frango, costelinha defumada, calabresa, ovo, milho e legumes, com a quantidade de ingredientes acrescentados a receita, o prato ficou conhecido como Arroz de Puta Rica. Pense num arroz gostoso!

Peixe na Telha

O Peixe na Telha é também muito tradicional na cidade. Esta sempre presente nos restaurantes e nas casas dos goianos. Na receita tradicional é usado peixe de água doce, de couro e em postas, geralmente Pintado ou Surubim com molho de tomate, açafrão, leite de coco e creme de leite. Acompanha arroz branco e um pirão feito com o caldo da cabeça e da espinha do peixe. Foi servido pela primeira vez na inauguração do restaurante Forno de Barro em Goiânia e fez o maior sucesso.