Português Italian English Spanish

Vereador da oposição é processado pelo prefeito de Mutunópolis, por injúria

Vereador da oposição é processado pelo prefeito de Mutunópolis, por injúria

Vereador de oposição é processado pelo prefeito de Mutunópolis, por injúria

Ivan Vieira

 

O vereador Fabiano Ulisses de Souza, que é contador e trabalha em um escritório de advocacia em Mutunópolis-Goiás, foi surpreendido com a informação de que o prefeito de Mutunópolis,Senhor Jonas Luiz Guimarães,

apresentou contra ele uma queixa crime de n°229, Nr. PROTOCOLO: 277803-33.2017.8.09.0041 indicando o Art.140, que é injuriar alguém, ofendendo a sua dignidade.  Essa queixa-crime foi protocolada na sede da comarca de Estrela do Norte-Goiás.

No despacho, o Juiz Dr. Andrey, informou que antes de receber a queixa-crime, de acordo com o artigo 520 do Código Processo Penal, designou audiência de conciliação para o dia 21 de Fevereiro de 2018, as 14h30min.E sse despacho foi datado de 14 de Dezembro de 2017.

O Vereador Fabiano, disse não saber do que se trata, pois um prefeito que ameaça processar vereador, no mínimo, deve está com tempo ocioso, que poderia ser utilizado para cuidar dos munícipes, e para isso foi eleito, esquecendo o alcaide que de acordo com a Lei Orgânica do Município de Mutunópolis, no seu artigo 63 que diz: Os vereadores são invioláveis, na circunscrição do município, no exercício do mandato, por suas opiniões palavras e votos, na forma do artigo 36 da Lei Orgânica do Município.

O vereador ameaçado de ser processado pelo prefeito Junior do Jonas, de Mutunópolis disse ainda não ter recebido oficialmente essa intimação  e aguarda ser intimado para saber do que se trata. O vereador Fabiano, prossegue mencionando, que os poderes são independentes, porém harmônicos, e o prefeito ocupando o Judiciário, para resolver pendências políticas, tentando justificar sua incompetência administrativa.