Português Italian English Spanish

EMPRESÁRIO VISIONÁRIO APOSTA NO DESENVOLVIMENTO DE PORANGATU

EMPRESÁRIO VISIONÁRIO APOSTA NO DESENVOLVIMENTO DE PORANGATU

EMPRESÁRIO VISIONÁRIO APOSTA NO DESENVOLVIMENTO DE PORANGATU

 

Entrevista ao Jornal Norte Aki      Foto:Di Chesare
 

O Diretor presidente da Rádio Tropical de Porangatu, Dinuamérico Silvino de Oliveira Neto, popularmente conhecido como Dino é um empresário visionário que ama e acredita no potencial de Porangatu. Ele conversou com nossa equipe sobre as perspectivas futura da economia nacional, cenário político da nossa cidade e o processo de migração da AM para FM.

NorteAki – Qual a sua visão com relação ao futuro do País diante dessa crise político-financeira e como a Tropical tem enfrentado essa dificuldade?

A Rádio Tropical é uma emissora tradicional da nossa cidade e nossa região. Evidentemente, isso conta muito na hora que o empresário ou o Poder Público decide divulgar os seus feitos e os seus projetos. Mas, estamos sempre atentos às inovações com relação ao futuro, a perspectiva, de engrandecimento e melhoria na divulgação, tendo em vista a crise econômica que o nosso país está atravessando, e acredito que é devido a essa Operação Lavajato. Pra ser sincero, eu não tenho assim muito otimismo não. Mas, vamos continuar o nosso trabalho, apostando nas melhorias, divulgando os feitos e os fatos da nossa cidade, da nossa região e do nosso país. Mas, aguentaremos essa decadência da nossa economia, até o dia que nós podemos aguentar.

Praça Tropical-Porangatu-Go     Foto:Di Chesare
 

NorteAki – Dino e sobre a migração da AM para FM?

É um problema sério. A grande realidade é que nós da Rádio Tropical, somos o número 4 do País a solicitar a migração de AM para FM. Isso, em Novembro de 2013. Já vai para quatro anos que fizemos a solicitação. De lá pra cá, temos cumprido todas as exigências que a Anatel e Ministério das Comunicações solicitam para que possamos melhorar a qualidade de som da nossa rádio, saindo de AM para FM. Nós sabemos que a Frequência Modulada (FM), hoje, ela é universal. Na hora da recepção dos aparelhos receptivos, a qualidade do som é outra e agora nós fomos surpreendidos com uma cobrança e já entramos em contato com o Ministério, a Anatel, a pagar uma taxa de migração, no valor de 52 mil reais, dia 30 de abril. Tem que pagar para ver o que vai acontecer. Portanto, estou aqui na expectativa e já fiz tudo que o empresário, que a emissora pode fazer para poder ter a liberação rápida. Eu fiz e até agora nada. Evidentemente, é culpa do Governo Federal que só engana a gente.

Rádio Tropical-Porangatu-Go     Foto:Di Chesare
 

Norte Aki – Resolvida essas questões o próximo passo é mexer na programação?

Após resolver essa situação de pagamento da taxa, vamos aguardar a liberação da frequência e potência e reunir os profissionais de nossa cidade e região, para formatar uma programação à altura dos nossos ouvintes. Da nossa parte, estaremos tomando todas as providências para fazer funcionar a Tropical FM, que é a emissora mais antiga de Porangatu.

Empresário Dinuamérico S.Oliveira Neto     Foto:Di Chesare
 

Norte Aki – E afora falando de política Dino, como você vê o cenário municipal?

A principio tive que apoiar outra candidatura, mais desejo ao prefeito Pedro Fernandes que está com uma “senhora equipe”, que faça uma boa administração. É certo que ele deve ter encontrado e está encontrando dificuldades administrativas, de uma gestão que vem após a outra e logo ele vai impor o seu ritmo. Porque o Pedro é um cidadão competente, habilidoso e tenho certeza que ele fará uma boa administração para nossa cidade, porque nós cidadãos de Porangatu, merecemos isso. Nós amamos a nossa cidade. Nós não saímos daqui, para ver a melhoria e o dia a dia de Porangatu. Torço de coração para que faça uma boa administração para a nossa cidade.

Praça Tropical-Porangatu-Go     Foto:Di Chesare
 

 

Rádio Tropical-Porangatu-Go     Foto:Di Chesare
 

 

Praça Tropical-Porangatu-Go     Foto:Di Chesare