Português Italian English Spanish

Vice-prefeito de Minaçu tem bens bloqueados por improbidade praticada quando foi secretário da Saúde

Vice-prefeito de Minaçu tem bens bloqueados por improbidade praticada quando foi secretário da Saúde

 

Divulgação
 

Por requisição do promotor de Justiça Darkson Moreira Albuquerque, a juíza Erika Gomes bloqueou os bens do ex-secretário de Saúde de Minaçu e atual vice-prefeito da cidade, Zilmar Charalabopoulos Duarte, no valor de até cem salários mínimos (R$ 93.700,00). No processo, o MP-GO aponta que ele usou do cargo de gestor e de sua posição hierárquica para agendar irregularmente pacientes que aguardavam procedimentos cirúrgicos do Hospital Municipal de Minaçu, preterindo aqueles regularmente agendados. Para o MP, ao beneficiar pacientes selecionados, ignorando o procedimento padrão da unidade hospitalar, Zilmar Duarte causou prejuízos para a regular prestação do serviço público municipal de saúde à população, ofendendo princípios constitucionais inerentes à administração pública. O MP, portanto, pede o reconhecimento da prática da improbidade, condenando o acionado nas penalidades previstas em lei, tais como o ressarcimento do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa, entre outros.